Sindicato de Atletas São Paulo
Institucional

Calendário Justo: uma mudança para o futebol brasileiro

Abaixo Assinado é solução para um campeonato mais justo

16, MARÇO 2018 às 20:16:22

arte: Soccer Digital

O calendário atual do futebol brasileiro não agrada e nem beneficia a todos. Os campeonatos são curtos, muitos times com tempo de competição de no máximo, quatro meses. A preocupação com esse cenário tem duas vertentes: alguns são beneficiados, outros nem tanto.
 
Pensando em contemplar aos atletas, aos clubes afetados, torcedores e proporcionar melhores condições financeiras a todos os envolvidos, o Calendário Justo foi criado pelo Sindicato de Atletas de São Paulo para que se estabeleça um diálogo propositivo.
 
O Sindicato, motivado por seus sindicalizados, vem apresentar o abaixo assinado para posterior negociação com a CBF (Confederação Brasileiro de Futebol) – detentora de tal atribuição, com base em interesses e necessidades de todos os atores que participam do espetáculo esportivo.
 
Atualmente, o site Calendário Justo tem 1.272 (Mil e duzentas e setenta e duas) assinaturas), e para as mudanças acontecerem, é preciso uma grande mobilização dos envolvidos.
 
O Presidente do Sindicato de Atletas de SP, Rinaldo Martorelli, tem como objetivo chegar a 100 mil assinaturas para forçar uma reflexão na CBF e nas Federações.
 
“Poucos têm excesso e muitos têm a escassez. Eles precisam saber que todos os interesses devem ser contemplados. Desde o clube da Série B do campeonato regional até o Brasileiro da Série A, e como fazer isso? Como analisar todas as situações? Os campeonatos regionais são muito diferentes, tem campeonato regional que tem oito clubes, ou seja, cada Estado, como ele se insere em uma questão nacional? Então, ninguém faz o calendário pensando nessas vertentes. Quais são as necessidades? Porque determinado clube tem que seguir algumas regras para participar. Caso contrário, não se consegue fazer o calendário. Se qualquer clube que se julgar profissional entra, ele só incha, mas ele não dá qualidade para o espetáculo. Ele gera problema na relação de trabalho. É fazer um calendário contemplando tudo isso. Mas hoje somente nós temos essa visão”, reflete Martorelli.
 
Para o diretor do Sindicato, Luís Eduardo Pinella, a ideia é apresentar à CBF e FPF um projeto com possibilidades de calendários.
 
“Nossa intenção é poder colaborar para que o atleta que atua no regional mais estruturado do país possa contar com um calendário que contemple as suas necessidades. Não podemos nos conformar por exemplo, que os clubes que atuam nas séries A2 e A3 do campeonato paulista tenham 3 meses de competições durante o ano. Temos que dar oportunidades para que esses clubes voltem a competir por, no mínimo, 10 meses no ano”, completa.

Para assinar é simples acesse: www.calendariojusto.com.br, e complete os dados solicitados. Todos que querem um evento esportivo mais justo pode participar.
 
“Nem excesso, nem escassez. Um calendário justo para todos”.



« VOLTAR




Mais sobre Institucional


Últimas do Sindicato


UGT
EDUCATLETA
SOCCER DIGITAL
IBRADESPOR
DIREITO EC
Expressão Paulista
FutBrindes