Sindicato de Atletas São Paulo
Institucional

Sindicato ataca limite de idade na quarta divisão e anuncia nova ação contra FPF

Entidade organizadora proibiu inscrições de atletas acima de 23 anos e fechou 150 vagas de trabalho para jogadores mais experientes

19, MARÇO 2017 às 07:42:11



Fabio Giannelli | Redação SAPESP

Após recorrer à justiça para combater atrasos salariais não punidos no futebol de São Paulo, o Sindicato de Atletas prepara uma nova Ação Civil Pública contra a Federação Paulista de Futebol.

Desta vez, os sindicalistas tentarão barrar uma medida que gerou revolta em toda a classe trabalhadora: o limite de idade para atletas que disputam a quarta divisão.

De acordo com a nova regra adotada pela FPF, os clubes só poderão inscrever atletas nascidos até 1994, ou seja, aqueles que terminarão o ano com 23 anos ou menos.

A medida fecha 150 vagas no mercado de trabalho para atletas acima desta idade, pois pela regra vigente desde 2005 (ler abaixo), até cinco jogadores mais experientes podiam ser inscritos por clube. Ao todo, trinta agremiações disputarão a competição, que tem o início previsto para 08 de abril.

“Não admitimos esse tipo de discriminação. A Federação Paulista de Futebol usa uma argumentação que a gente não acha consistente, que é a de promover novos talentos. Evidente que a gente quer que cada vez mais bons jogadores aparecem, mas não pode ser às custas dos atletas que tem mais de 23 anos”, argumentou Rinaldo Martorelli, presidente do Sindicato de Atletas Profissionais do Estado de São Paulo. 

Martorelli ainda lembrou que não é a primeira vez que o sindicato atua no mesmo tema.

“Em 2005, tivemos uma decisão favorável contra o limite. Na ocasião, os clubes, com medo da Federação Paulista, não contratavam. Fizemos um acordo para ter até cinco vagas para atletas acima em cada equipe”, reforçou.  



« VOLTAR




Mais sobre Institucional


Últimas do Sindicato


UGT
EDUCATLETA
ABPH
SOCCER DIGITAL
IBRADESPOR
DIREITO EC
Expressão Paulista
FutBrindes