Sindicato de Atletas São Paulo
Jurídico

Justiça mantém inscrições de atletas acima de 23 anos na Série B paulista

Quem afirma é Guilherme Martorelli, advogado do Sindicato de Atletas de São Paulo

19, ABRIL 2017 às 07:32:22

Guilherme Martorelli reforçou decisão da justiça que autorizou as inscrições de atletas acima de 23 anos (foto: Fabio Giannelli/Soccer Digital)

Fabio Giannelli | Redação SAPESP

O advogado do Sindicato de Atletas Profissionais de São Paulo, Guilherme Martorelli, veio a público nesta terça-feira (18 de abril) para esclarecer e reforçar a decisão da Justiça Trabalhista de Campinas – 2ª Região (15ª TRT), que indeferiu o pedido de reconsideração da Federação Paulista de Futebol e manteve as inscrições dos atletas nascidos antes de 1994 na Série B Paulista (segunda divisão), popularmente conhecida como “Bezinha”.
 
“Após o pedido da FPF pela reconsideração da liminar que autoriza os atletas nascidos antes de 1994 a atuarem no campeonato paulista de série B, a justiça manteve essa autorização ilimitada na contratação e inscrição de atletas de qualquer idade. É mais uma vitória do Sindicato de Atletas de São Paulo, que sempre lutará para proibir qualquer tipo de discriminação contra os atletas”, defendeu.
 
IMPORTANTE

1.    Nenhum clube poderá ser punido por inscrever ou escalar atletas acima de 23 anos na Série B paulista. Tampouco perder pontos. A determinação da justiça está valendo desde o dia 30 de março, data da publicação no site oficial da FPF. Mesmo que a liminar fosse cassada, o que não ocorreu, todos os atletas inscritos neste período poderiam continuar atuando legalmente. (caso tenha alguma dúvida, procure os advogados do sindicato).
 
2.    O pedido de reconsideração protocolado pela Federação Paulista de Futebol na Justiça Trabalhista foi negado. A juíza manteve de forma ilimitada as contratações e inscrições de atletas nascidos anteriormente a 1994.
 
3.    Os clubes agora podem contratar livremente e inscrever atletas acima de 23 anos, em mais uma ação efetiva do Sindicato de Atletas de São Paulo. 



« VOLTAR




Mais sobre Jurídico


Últimas do Sindicato


UGT
EDUCATLETA
ABPH
SOCCER DIGITAL
IBRADESPOR
DIREITO EC
Expressão Paulista